Livro: O Vilarejo (Raphael Montes)

o-vilarejo-minha-vida-literaria.jpgEsse foi o primeiro livro que eu li do autor, mas já aviso que provavelmente esse é o segundo e último post nesse bloguito sobre a obra de Raphael Montes, o que tem muito a ver com o outro livro dele, “Dias Perfeitos”, que já está aqui.

Esse livro de contos do autor é ambientado como se fosse uma obra misteriosa e esquecida reunindo os relatos de um vilarejo isolado, em uma época de fome e guerra, em algum lugar na Europa. Segundo a introdução, daria para ler esses contos em qualquer ordem e ao final ser retirado uma mesma conclusão. Na realidade, a execução do livro não chega ao que o autor aspira (e isso é muito claro), mas quero falar desse problema daqui a pouco.

Há sete contos, cada um tratando de um pecado capital e nomeado segundo sete demônios. O primeiro conto é o mais forte, sobre gula e o medo da fome em uma mãe que não sabe em quem confiar nesse vilarejo. Os outros contos são mais fracos, não trazendo nada de novo e, por vezes, se alongando muito mais do que seria necessário.

O problema ao final do livro, entretanto, foi não ter cumprido o prometido. Raphael escolhe por simplificar o mistério que se propôs a construir no começo do livro e seu último capítulo dá uma explicação por demais detalhada do grande mistério dessas pequenas tragédias na cidadela. O livro não tem uma linguagem muito adulta, mas esse final acaba infantilizando mais o que poderia ser uma leitura divertidinha para um público jovem adulto.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s