Livro: Aesop’s Fables (Esopo)

0089.jpgEsse livro figura como o mais antigo na minha listinha de 1001 livros. Foi também um dos primeiros que baixei para o Kindle, mas fiquei enrolando um longo tempo até começar a ler.

As fábulas de Esopo (Aesop é uma outra tentativa de trazer o nome ao nosso alfabeto) são conhecidas, mesmo que você nunca tenha ouvido falar do autor ou dessa compilação. Pelo que o texto ao final de minha versão (vinda do projeto Gutemberg) revela, Esopo era um filósofo grego, de uma vertente que usava fábulas, ou seja, histórias com animais de personalidades típicas, para ensinar alguma moral.

Todas as histórias são bem curtas, a maioria contendo apenas uma página de narração. Os personagens não têm nomes, sendo os humanos identificados por suas ocupações (o rei, o lenhador etc) e aos animais sendo atribuídos traços de personalidade que os identificariam com humanos, sejam para o lado positivo ou negativo (a coruja é sábia, o leão é orgulhoso e forte, a raposa é astuta e essas outras imagens que já conhecemos).

Algumas dessas histórias se tornaram bem famosas, enquanto outras são mais obscuras ao senso comum. Dentre as que posso citar com a quase certeza de sua identificação temos os contos sobre a corrida da tartaruga e da lebre, aquele sobre o menino que gritava lobo, a raposa e as uvas. Além das originais colhidas no período grego, foram sendo adicionados ao longo do tempo fábulas em outras épocas, formando o canon de fábulas aesópicas. Na versão que li, entretanto, não dá para diferenciar o que foi adicionado em período posterior, mas acredito que estejam contidas em grande maioria as originais da época grega devido a presença constante de referências a deuses como Júpiter e Vênus, atuando eles mesmos como personagens.

É um livro curto, mas vale a pena ler devagarinho, sem querer devorá-lo de uma vez só, para tentar extrair algo da moral de sua época, que na verdade é a moral de qualquer era, coisas como não tentar aparentar o que não é, perceber o que se tem de bom e não apenas o que há de mal em si mesmo, não negar sua própria natureza e ser cauteloso com suas relações e escolhas, pensando no futuro.

* Siga-me no Instagram para saber antes o que vai aparecer nos próximos posts: @meulogbook

Advertisements

One thought on “Livro: Aesop’s Fables (Esopo)

  1. Pingback: Retrospectiva 2016 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s