Livro: O Amor nos Tempos do Cólera (Gabriel García Márquez)

0087Que livro bacanudo! Sabe quando nada de muito grandioso acontece, quando ninguém salva o mundo, mas a história simples é tão, mas tão bem contada que você fica o tempo todo torcendo pela felicidade dos personagens? Esse é o caso com “El amor en los tiempos del cólera”.

A história se passa em uma pequena cidade à beira de um rio em algum lugar do território caribenho. Não começamos o enredo pelo seu ponto principal e sim por uma espécie de porta dos fundos, que no final do livro fará sentido. A morte de um amigo do médico Juvenal Urbino abala suas estruturas no dia do Pentecostes. Para piorar, o papagaio de estimação foge. Nesse mesmo dia, que ainda conta com uma festa, um acidente fatal revela a existência de outra história de amor da esposa do médico, Fermina Daza.

Cinquenta anos antes, Florentino Ariza é um filho ilegítimo, rapaz pobre com alma lírica que ao se apaixonar em uma mirada pela jovem Fermina Daza passa a lhe escrever cartas belíssimas que ocasionalmente Fermina responde sob o apoio da tia solteirona. O pai de Fermina, entretanto, é contra o romance que representa o contrário de tudo aquilo que espera para a única filha, por quem moveu mundos e fundos para transformar em partido interessante para uma boa proposta de casamento. Trata então de separar os namorados, um plano que resulta em sucesso. Quando Fermina volta de longa viagem, acaba por se casar com o cobiçado doutor Urbino e, apesar de nunca ter existido um amor legítimo como o da juventude entre os dois, seguem juntos por anos a fio e aprendem a se tolerar e amar a sua maneira meio distante, meio cômoda apenas pelos anos passados. Com a morte de Urbino, entretanto, Florentino finalmente encontra os meios para novamente buscar a única mulher que amou de todo, apesar de ter amado os corpos de muitas outras.

Pelo meu resumo tosco, parece que a história é bem mais simples. Pois bem, somente lendo para realmente apreciar os pequenos detalhes ofertados por Márquez durante a narrativa (que explicam inclusive o título), o encadeamento de pensamentos e ações tão natural que não se notam transições abruptas na história, apenas a passagem suave, como a passagem dos anos que marcam a história. O autor vai e volta diversas vezes, mas o leitor não precisa nem ao menos fazer esforço para se concentrar. Uma vez com os olhos no livro é difícil desligar e voltar ao mundo real. As paisagens de Márquez são pintadas com maestria. Sente-se o calor caribenho na pele, a poeira do chão, o cheiro das flores e frutos nos quintais. De fato, é fácil imaginar e submergir nas histórias do autor, de um talento ímpar para contar contos simples com a paixão de uma lenda épica.

Advertisements

2 thoughts on “Livro: O Amor nos Tempos do Cólera (Gabriel García Márquez)

  1. Pingback: [Maratona Olímpica:] Linha de Chegada | Meu Logbook

  2. Pingback: Retrospectiva 2016 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s