Cinema: A Bruxa de Blair (1999)

0021Migos, cês acreditam que eu nunca tinha assistido esse clássico do terror, que começou com toda a onda de found footage que a gente conhece hoje em dia? Pois é. Como disse, sempre surfo bem atrasado na onda dos sucessos. Aliás, vale lembrar que esse não é propriamente a primeira vez que foi feito um filme nesse estilo, mas foi o que criou a maior polêmica em torno.

“The Blair Witch Project” é o nome do documentário conduzido pelos estudantes Heather Donahue, Joshua Leonard e Michael Williams sobre a lenda e as histórias de uma cidadezinha americana e a floresta ali contida. Os estudantes fazem algumas entrevistas com moradores do local, perguntando sobre o que sabem sobre essa lenda e conhecendo as histórias de assassinatos e desaparecimentos na região, até entrarem de fato na floresta e conhecerem de perto o  terror.

MV5BMmIyNjA1NTAtYzJjMy00NGZhLWFjOTUtN2M2MzY5Y2RmODA4XkEyXkFqcGdeQXVyMjMyNTkxNzY@._V1_.jpgÉ uma história bem simples, conduzida de forma impecável. O material utilizado não é dos melhores e isso só contribui para a sensação de terror, com as imagens não muito bem focadas, granulada e que dá a sensação de sempre esconder algo no próximo arbusto. Bem real é o estresse dos estudantes (muito compreensível quando descobri que os atores se perderam de verdade algumas vezes na floresta) e as brigas que eclodem.

Para mim, que já sabia que era um documentário falso, entretanto, o peso nunca será igual ao dos expectadores que assistiram o filme no cinema, sem saber de fato da história por trás, acreditando piamente na veracidade de uma lenda inventada pelos diretores Daniel Myrick e Eduardo Sánchez. Para quem assistiu o filme sob essa ótica imagino que o terror tenha sido bem mais palpável do que para quem, como eu, sabia que tudo não passou de um plano bem bolado. justificando pelo valor de experimentação (quase) pioneira a demonstração cinematográfica.

Advertisements

2 thoughts on “Cinema: A Bruxa de Blair (1999)

  1. Pingback: [Maratona Olímpica:] Linha de Chegada | Meu Logbook

  2. Pingback: Retrospectiva 2016 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s