Série: Black Mirror (1ª temporada)

black-mirror-banner-060754.jpg

Faz um bom tempo que escutei falar de “Black Mirror” pela primeira vez. Cheguei a assistir a dois episódios, mas aí a vida bateu e acabei deixando de lado. Só bem recentemente peguei a série de novo para ver.

“Black Mirror” é uma série inglesa, por enquanto constituída de poucos episódios (3 na primeira temporada, 3 na segunda e 1 episódio especial de Natal). A Netflix está investindo agora e aparentemente logo logo vão lançar mais uma temporada, voltada para o público americano. Não há exatamente uma história na série. O que há é uma temática em comum em cada episódio, que conta um conto situado em um universo diferente. Esse tema é sempre a tecnologia e como ele nos molda e molda nossas relações. Falando sobre os episódios:

1º ep.: The National Anthem
Esse é o episódio que mais se assemelha a nossa realidade. Situado nos dias atuais, trata do sequestro da princesa inglesa, uma figura amada por todos, e na estranha exigência do sequestrador, que não quer dinheiro ou um objetivo político. A exigência do sequestrador é bem simples, na verdade. Ele quer que o primeiro-ministro cometa atos de zoofilia com um porco. E que seja filmado. E que isso seja transmitido para todo o mundo… A partir daí vamos vendo o desenrolar dos fatos sob o ponto de vista de várias pessoas, representando a população e a imprensa discutindo sobre o caso. Se o primeiro-ministro se nega a realizar o ato, estará condenando a princesa à morte. Se o fizer, sempre será visto com base nesse ato vergonhoso. As diversas telas estão ligadas nele.
Black-Mirror-Season-2

2º ep.: Fifteen Million Merits
Nesse episódio a dimensão muda muito de figura. Conhecemos Bing, apenas mais um funcionário do que parece ser um mundo voltado para a funcionalidade e cuja única saída é um reality show nos moldes de The Voice ou The X Factor. Todas as pessoas que aparecem estão condenadas a uma vida sem grandes atrativos, indo do quarto sem janelas cujas paredes são feitas de telas, até as bicicletas onde acumulam pontos para trocar por bobagens para seus avatares, comida ou a grande chance de tentar a sorte no reality show, pelo preço módico de 15 milhões. Bing herdou pontos de seu irmão e quando escuta Abi cantando (e se apaixona) resolve dar a ela os pontos, propiciando a chance dela. Ele a acompanha a audição e vê quando ela ingere uma bebida estranha obrigatória que a faz estranhamente aceitar a proposta do júri de virar uma atriz pornô. Bing volta a sua realidade cotidiana sem pontos, enraivecido e depressivo e um evento faz com que ele acabe tramando uma vingança.
BlackMirror1x02_0209

3º ep.: The Entire History of You
Dos episódios da primeira temporada, esse foi o que achei mais chato. Nessa realidade, muito parecida com a nossa, as pessoas estão acostumadas a utilizar uma tecnologia acoplada à percepção visual e auditiva, que grava todos os eventos de sua vida. A qualquer momento você pode acessar essas informações e rever sua infância, aquela entrevista de emprego ou a transa mais legal. E as pessoas realmente abusam disso, repetindo os fatos o tempo todo ou exibindo a própria vida aos seus amigos em qualquer reunião. Nesse contexto temos um casal, que já não está no melhor dos momentos devido ao ciúme do marido, e que acaba tendo ainda mais problemas quando ele descobre que a esposa já teve um relacionamento anterior (a partir da análise exaustiva de certas imagens). A partir daí esse cara maluco vai fazer de tudo para ver essas imagens e descobrirá mais do que queria saber.
enitre-history-of-you-600x332

Advertisements

2 thoughts on “Série: Black Mirror (1ª temporada)

  1. Pingback: [Maratona Olímpica:] Linha de Chegada | Meu Logbook

  2. Pingback: Retrospectiva 2016 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s