Cinema: Birdman, ou A Inesperada Virtude da Ignorância (2014)

birdman-poster

Aqui está um filme que será difícil de esquecer por um tempo, tão fortes as impressões que ele deixa.

Filmado quase em um plano único (tem alguns cortes que ficam bem claros e alguns mais sutis), o filme trata do ator Riggan Thomson (Michael Keaton), que está tentando se reerguer após anos de uma carreira apagada. O momento de maior brilho de Riggan foi há mais de 20 anos atrás, quando interpretou Birdman na adaptação cinematográfica de um quadrinho. Agora, Riggan tenta alcançar a fama de antigamente através da produção de uma peça de teatro cult de Raymond Carver (o autor e a peça existem de verdade, a peça se chama What We Talk About When We Talk About Love).

Riggan investiu não apenas seu dinheiro na peça e nessa tentativa de se reerguer, mas muita dedicação com cada aspecto da produção e algo de sua sanidade também (ou assim interpretei as cenas de “poderes” dele). Uma figura parece conviver com Riggan em sua consciência: o próprio Birdman, que exalta o grande talento de Riggan e sua superioridade frente a todos os demais, aparecendo principalmente quando não apenas os outros quanto o próprio ator começam a desconfiar de sua capacidade. Entenda: Riggan nunca foi creditado como um artista real pois sua grande contribuição foi feita apenas no cinema e, ainda assim, em um blockbuster. E todo mundo compreende no meio que a arte verdadeira só pode ser feita no teatro, com a sinceridade real e a abnegação que se exige do ator. Riggan está também em busca desse ponto de talento inquestionável, uma resposta que precisa alcançar tanto de si mesmo quanto dos outros.Birdman-Promotional-Still-birdman-2014-37694388-1998-1080

O cenário é basicamente o teatro na Broadway onde quase tudo se passa. Logo no começo um dos atores da peça é trocado por Mike (Edward Norton) que causa um certo desconforto com seus estrelismos e imersão além da ficção na história. Nos bastidores ainda trabalha Sam (Emma Stone), a filha para quem Riggan nunca conseguiu ser um bom pai e que hoje é uma viciada em drogas em recuperação.  Birdman-Movie-Emma-Stone-Sam

O final do filme é deixado em aberto, então já vá assistir preparado para tecer suas hipóteses. O que posso adiantar é que, para mim, as coisas são bem mais simples do que se tenta colocar e você vai entender tudo se prestar atenção no plano sequência e nas visões de um fato por diversos olhos, além da história pregressa do próprio Riggan. De qualquer forma, a impressão do enredo é duradoura e todos os atores funcionam muito bem em parceria.

Advertisements

One thought on “Cinema: Birdman, ou A Inesperada Virtude da Ignorância (2014)

  1. Pingback: Retrospectiva 2016 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s