Livro: A Series of Unfortunate Events – The Hostile Hospital (Lemony Snicket)

Hostile_hospital

Das coisas com que me prometi no começo do ano, essa é uma que eu acho que posso cumprir com alguma certeza: terminar a série dos Baudelaire desafortunados. Até porque conto com a comprovação de que posso começar e terminar um livro da série em menos de quatro horas, mesmo com pausas, que foi o que aconteceu quando peguei o oitavo volume para ler antes de dormir.

Deixei os pobres desde a última leitura, na Village of Fowl Devotees, em fuga pela planície deserta, acusados de assassinato e sem nenhum sinal das tossidas que anunciam a presença do Sr. Poe. E continuamos assim, pois as crianças até tentam contato na Last Chance General Store, mas não conseguem mandar um telegrama para quem poderia auxiliá-los e vêem-se em uma fuga que os coloca em uma van cheia de hippies que se voluntariam cantando para os doentes em hospitais. O que não seria de todo mau pois o grupo se intitula como Volunteers Fighting Disease e uma mente atenta percebe uma sigla que estamos procurando há algum tempo.

Os Baudelaire acabam parando nos prédios construídos pela metade do Heimlich Hospital, onde acabam sendo alocados para lidar com uma burocracia incompreensível. Poderia ter seu lado positivo, já que logo os três descobrem que pode haver um arquivo com uma importante revelação sobre o caso da morte de seus pais, se não fosse pela onipresença do Conde Olaf e sua patota para estragar as chances das crianças e até a cabeça de Violet fica a fio.

Uma das partes mais divertidas da trama é quando as crianças passam cantando com os V.F.D. e encontram toda uma gama de personagens da literatura mundial sofrendo suas dores, mais uma prova de que Desventuras em Série deveria ser lido por todas as idades. Nessa oitava parte temos também algumas tomadas de decisões que acabam colocando em xeque para os próprios irmãos se eles não estão se tornando parte da vilania no mundo e se estão traindo os valores pelos quais foram guiados a maior parte de suas curtas vidas. A resposta dada por Klaus apazigua os ânimos, mas não regenera da “coisa feia” que fizeram com um inocente para ter acesso a um pedaço de informação.

No fim, estamos mais próximos do que nunca de Count Olaf e sem saber onde vamos estar no nono volume.

Advertisements

One thought on “Livro: A Series of Unfortunate Events – The Hostile Hospital (Lemony Snicket)

  1. Pingback: Retrospectiva 2015 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s