Um ano de blog!

292602_Papel-de-Parede-Bolo-de-Aniversario-Branco-Azul-e-Amarelo_1920x1080

Hoje esse humilde broguito completa seu primeiro aniversário em sua esquina digital! Clichê dos clichês, mas como passou rápido esse tempo desde o primeiro post e esse que aqui se faz. Tempo curto demais, inclusive, para eu criar uma comemoração melhor do que a que aqui se apresenta. Decidi de última hora fazer algo que eu não havia feito desde o começo, que é delinear o porquê do Logbook existir e alguns outros detalhes de execução. Não sei se existe tags para o que estou fazendo e, como quase tudo por aqui, as questões estão nascendo no momento, então bear with me. 

Por que criar um blog:
Sempre documentei o que lia. À princípio foram os mangás: criava listas sempre atualizadas dos volumes que já havia finalizado e, no caso dos físicos, para quem estavam emprestados. Em 2009, comecei minha primeira lista de livros lidos. Ano passado comecei a achar que isso não era suficiente, que eu precisava ter um registro escrito para auxiliar minha memória capenga no que se referia ao conteúdo das obras, da época pessoal em que os tinha lido/assistido e minha impressão, muito influenciada pelas vivências pessoais.

Como surgiu o nome do blog:
Não surgiu. Até hoje considero Logbook um nome provisório. No começo eu queria um nome em latim, mas todos os de que gostei ou já existiam ou eram longos demais. Poderia colocar meu próprio nome para a url, mas nunca apreciei essa ideia. Acabei na última hora achando que poderia caracterizar como um diário de bordo sendo a viagem a própria vida (porque eu sou poética assim, sqn) e só troquei para o inglês, Logbook e coloquei um “meu” na frente para poder criá-lo. Na verdade, ainda estou esperando um bom nome.

Como nascem os posts:
Algum tempo depois de eu ler o livro, assistir a série ou o que mais eu queira incluir aqui. Não tenho o costume de escrever tão parelho com o dia de conclusão. Já teve ocasiões de se passar uma semana entre o fato e o post. Sou preguiçosa, mas tento escrever com certa frequência. Só não gosto de escrever com a sensação de estar sendo forçada, então espero pelo momento mais propício. Costumo escrever no próprio editor no WordPress, mas algumas vezes já escrevi no Word sequências de posts antes de passá-los para cá. Não costumo revisar assim que escrevo e só corrijo os erros quando por alguma razão do destino topo com eles já no post publicado. As fotos de capa dos livros do “Desafio literário” são em sua maioria tiradas no celular no exato momento em que eu termino a leitura, pois assim tenho como saber onde eu estava naquele exato momento e se li no Kindle ou na versão física, em que língua e edição. Não me importo muito com a forma dos posts pois o blog foi criado para mim, apenas para me agradar e divertir. Como é feito em primeira instância para meus olhos não estou buscando passar nenhuma mensagem ou parecer inteligente.

table

Quem me lê:
Segundo os dados do WordPress nesse ano eu tive cerca de 700 visualizações, sendo o mês de setembro o com o maior número em 118. A tag mais popular é a de livros e a maioria dos visitantes é brasileira, mas em segundo lugar, surpreendentemente, estão os visitantes russos. Em terceiro, Estados Unidos e somente em quarto está Portugal. Imagino que dê para encontrar as imagens no Google Images e esse é o motivo para essas visualizações em um blog escrito em português.

Planos futuros:
No fim desse ano planejo fazer um post-revisão, citando todos os livros que li, séries que vi etc. Como passei no mestrado (iêêê) não sei se ano que vem terei tanto tempo (in)útil para ler, mas ainda assim pretendo correr atrás do desafio literário e chegar a pelo menos completar 10% dele (o que equivale a cerca de 100 livros). Creio que dá para terminar com facilidade a série das “Desventuras em Série” em 2015.
Acho que esse ano vi poucos filmes e quero aumentar essa categoria. A mesma coisa para mangás, que eu abandonei por tempo demais. Tenho, além disso, que concluir os 6 dramas que ando deixando pela metade. Séries ocidentais, infelizmente, têm me desapontado e não planejo voltar a elas tão cedo.

No plano pessoal é o de sempre: parar de comer glúten, parar de beber coca-cola light como se fosse água, parar de comer mingau toda noite, viajar para o exterior, ter mais coragem e menos timidez, continuar no ballet, terminar o curso de alemão, ganhar dinheiro…

Espero vê-los em breve por essas paragens sem fim, seguindo o diário de bordo desse Mar e Ilha (ahá, viu o que eu fiz aqui?? Marília, Mar e Ilha? Hã, hã? … Tá, desculpa, foi sem graça…).

 

Advertisements

3 thoughts on “Um ano de blog!

  1. Parabéns! Um super, mega, hiper parabéns! Que tudo de bom apareça em dobra para você e para o blog.
    Feliz por estar acompanhando esse primeiro aniversário.
    Beijos, beijos.

  2. Pingback: Dois anos de Logbook! | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s