Filme: Miss Violence (2013)

Esse é um filme grego de 2013. Ainda estou tentando digerir e secar as lágrimas. Com certeza não era isso que eu esperava quando vi a pequena sinopse no site onde o encontrei. E, apesar do espanto (e da melancolia) nesse momento, posso dizer que o filme é bom porque mexeu muito comigo e me deixou com náuseas e uma raiva profunda.

Miss_Violence

Partimos de uma porta branca e somos introduzidos a essa festa de aniversário. Angeliki acaba de completar 11 anos e estão com ela sua mãe, os avós, a tia (apenas três anos mais velha que ela) e os dois irmãos menores, um menino e uma menina. Na cozinha, a mãe acaba de dizer à avó que está grávida novamente e os outros dançam na sala quando a menina se dirige à varanda e, com um sorrisinho que só a gente vê, se joga para a morte.

Claro que tudo que queremos saber a partir de então é porque uma menina tão nova e, aparentemente, com uma vida tão confortável faz uma coisa dessas. E é daí que vamos começar a seguir a família e, através de vislumbres de sua vida cotidiana, descobrir os horrores secretos que se passavam naquela casa. Há muito mais de silêncio do que falas e em alguns momentos ficamos presos a um certo personagem específico pro por bastante tempo. Um personagem que eu odiei com todas as minhas forças e quis esganar pessoalmente. Não consigo pensar em algo pior do que ele faz com pessoas tão próximas, sem nenhum sentimento contraditório.

Pois bem, houve um momento no final em que tudo o que pensava era: “ela não, por favor, ela não” e me cortou o coração, como sempre essas histórias me fazem passar, mesmo na ficção, a frieza com que tudo foi realizado. Se há redenção no final? Pode-se dizer que sim, mas eu não me senti nem uma gota mais aliviada pois, para mim, as vidas afetadas durante esse período não teriam mais muita expectativa pela frente, diante da destruição psicológica que já haviam sofrido até ali.

O filme é um soco no estômago e não recomendo vê-lo em momentos de depressão. Aliás, não recomendo ver nem em momentos de felicidade porque vai arruiná-los. Mas se você quiser levar um tapa na cara (ou vários), esta é a história para você.

MISSVIOLENCE4_972600287

Advertisements

One thought on “Filme: Miss Violence (2013)

  1. Pingback: Retrospectiva 2014 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s