Filme: Blackfish (2013)

Image

Ontem assisti esse documentário, que faz um bom tempo que estava procurando. Tem na Netflix (e eu só tenho acesso a ela porque um amigo me concedeu uma senha – valeu, Matheus!).

Blackfish já me conquistou nos primeiros minutos, ao abordar as condições em que esse animais majestosos e inteligentíssimos acabaram parando em parques temáticos para a apreciação tola dos humanos idiotas. Orcas são animais que reconhecidamente passam a vida em família. Os grupos que se veem na natureza são constituídos de famílias que nunca se separam, filhotes que nunca deixam suas mães. A caça a esses filhotes, apoiada em propósitos comerciais, é uma das coisas mais cruéis que alguém pode imaginar (CHORO Nº 1). Começamos a seguir então o histórico de Tilikum, um filhote enorme que foi pego para ser preso em um pequeno parque (quase de fundo de quintal).

O documentário tenta mostrar ao mesmo tempo toda a beleza e superioridade desses animais em seu habitat natural, comparada a violência resultante dos traumas emocionais e físicos do cativeiro, especialmente no SeaWorld. A parte em que mostram como uma orca reage ao ser afastada de seu filhote é de cortar o coração (CHORO Nº 2).

Tilikum acaba por desenvolver o que é compreendido como um comportamento psicótico no documentário. Um animal enorme, ele reage muito bem ao treinamento, mas ao se sentir acuado e, uma vez dada a oportunidade, ele adota comportamentos agressivos em relação aos seus treinadores, de onde resultam as três mortes tratadas no doc. (CHORO 3, 4 e 5). Também são mostrados inúmeros outros acidentes com outras orcas, para provar o argumento que o cativeiro é um ambiente extremamente inadequado e estressante para elas.

Image

Os questionamentos do filme suscitaram um grande debate, especialmente nos EUA. É claro que a SeaWorld nega as principais informações do filme e continua a funcionar. Se defendem dizendo que a empresa ajuda os animais e aos pesquisadores, argumentos bem fracos frente aos pontos do filme.

Chorei demais vendo esse filme (TPM define) e senti tanta, mas tanta pena dessas animais imensos presos em banheiras de bebê… Estou buscando outros argumentos de ambos os lados para melhor me informar e espero que deixem esses animais em paz, na liberdade dos oceanos onde eles são felizes, com toda a família reunida caçando foquinhas.

Advertisements

One thought on “Filme: Blackfish (2013)

  1. Pingback: Retrospectiva 2014 | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s