Série: Let’s Eat (Kdrama)

Eita, que esse blog está jogado às traças… Mas eu volto sempre, quando menos se espera.

Image

Daí que eu entrei em uma equipe de tradução de um dorama que parecia bem calminho, curtinho e leve, e em pouco tempo eu já estava apaixonada pela história, aguardando ansiosamente os próximos capítulos.

“Let’s Eat” segue em 16 episódios um pouco da história de Lee Soo Kyung, divorciada de 33 anos, que vive em um offitel (espécie de quitinete) em Seul e trabalha em um escritório de advocacia. A vida da protagonista parece simples e sem grandes emoções, a não ser pelo seu amor por seu cãozinho e pela comida. Soo Kyung parece ter um prazer quase sexual ao encontrar e degustar boas comidas. A protagonista também é fã de um blog chamado ShikSha, que compila fotos de pratos vazios após as refeições (e o argumento é que quando a comida é boa, a pessoa não vai conseguir esperar para tirar foto dos pratos de comida). A maior dificuldade de Soo Kyung é, entretanto, o fato de que, na maioria dos restaurantes apontados, seria um pouco vergonhoso fazer uma refeição sozinha.

A chegada de uma nova vizinha, bem jovem e inocente, ao seu andar acaba por alterar a vida de Soo Kyung, a forçando a sair de seu casulo e socializar-se também com seu outro vizinho, Goo Dae Young. Juntos, os três acabam formando um clube de degustação, apesar da implicância de Soo Kyung com Dae Young. A amizade entre os três cresce em torno de pratos de comida vazios e dos inúmeros encontros pelos corredores do prédio.

Em paralelo, no escritório de advocacia se encontra o advogado Kim Hak Moon, que por mais de dez anos nutre um amor platônico por Soo Kyung e ao mesmo tempo deseja se vingar do que crê ter sido uma cruel rejeição na juventude. Soo Kyung não se lembra de Hak Moon nessa época e toma suas ações como pura implicância dele por ela.

No decorrer da história se desenrolam várias sub-tramas, mas o clima da série é sempre leve, mesmo nas cenas de suspense, decepções amorosas etc. É uma comédia muito bem feita, com texto natural e que flui facilmente. A atriz principal, na cenas de degustação, é um show à parte. Não há como não desejar comer as mesmas coisas que ela, já que ela demonstra um prazer tão grande nesse simples ato. Aliás, acho que todo mundo que viu essa série deve ter terminado com uns quilinhos a mais.

A parte do romance em si foi um pouco apressada mais para o final. Creio que se o dorama tivesse mais uns dois episódios, poderia ter sido apresentado com mais calma e dado para entender melhor, especialmente os sentimentos de Dae Young. De resto: série maravilhosa, personagens adoráveis e, finalmente, uma série em que as mães não dão pitaco na vida amorosa dos filhos! Com certeza assistirei novamente em um futuro não tão distante.

P.S.: Eu AMO a abertura. Que ótima música e montagem!

Advertisements

5 thoughts on “Série: Let’s Eat (Kdrama)

  1. Pingback: Série: Marriage, not Dating (Kdrama) | Diário de Bordo

  2. Pingback: Retrospectiva 2014 | Meu Logbook

  3. Pingback: K-drama: Let’s Eat 2 (2015) | Meu Logbook

  4. Pingback: K-Drama/Cinema: Splash Splash Love (2015) | Meu Logbook

  5. Pingback: K-Drama: Drinking Solo (2016) | Meu Logbook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s